TOXINA BOTULÍNICA NA ODONTOLOGIA

A Odontologia tem usado a toxina botulínica há pelo menos 20 anos, e ela se provou muito eficiente nos TRATAMENTOS TERAPÊUTICOS OU FUNCIONAIS do bruxismo, da hiperatividade dos músculos faciais , na hipertrofia de músculos como o masseter (da mandíbula), em disfunções temporomandibulares, da sialorreia (produção excessiva de saliva), do trismo, da assimetria de sorriso, do sorriso gengival, também em alguns casos de implantodontia e para dores orofaciais (ocasionando enxaqueca) com origem odontológica, como em outros locais da face. Consequentemente, muitas das vezes, o uso dele ocasiona um agradável ganho estético ao paciente.

 

Dra. Renata Deschamps - Dentista, Ortodontia, Invisalign, aparelhos invisíveis, Toxina Botulínica na Odontologia

 

O tempo de duração no organismo depende de fatores como o metabolismo de cada pessoa, do produto usado, modo de aplicação, diluição do produto. Em média, de 3 a 6 meses.

O dentista é autorizado por lei para realizar tais procedimentos além de possuir um profundo conhecimento da anatomia facial e sobre as possibilidades de harmonização não só do sorriso e dentes, bem como da estrutura facial como um todo.

 

Dra. Renata Deschamps - Dentista, Ortodontia, Invisalign, aparelhos invisíveis, Toxina Botulínica na Odontologia

 

Sendo assim, os pacientes podem recorrer a clínicas e consultórios odontológicos para a aplicação da Toxina Botulínica e Ácido Hialurônico em busca de um sorriso e de um rosto mais harmônico funcionalmente.

 

Você tem dúvidas sobre a utilização da Toxina Botulínica na Odontologia?

Saiba que ele vai muito além do que você pode imaginar.

 

A Toxina Botulínica é utilizada para correções estéticas & funcionais como:
  • Sorriso gengival
  • Assimetria do sorriso
  • Bruxismo
  • Dor orofacial
  • Rugas ao redor dos lábios (código de barras)
  • Disfunção temporomandibular (DTM)
  • Atenuação do volume do músculo masseter

 

Ver Regulamentação do CFO.