Dra. Renata Deschamps - Dentista, Ortodontia, Invisalign, aparelhos invisíveis, Gengivoplastica, gengivectomia, Sorriso Gengival

Como Corrigir o Problema de Sorriso Gengival?

O sorriso gengival é uma exposição exagerada da gengiva e causa muito desconforto estético para quem tem. Ele esta mais presente em mulheres e causa uma “desordem estética” por não trazer equilíbrio entre dentes, gengiva e boca.

A exposição gengival geralmente  é identificada quando a gengiva, ao sorrir, fica “maior” que 4 milímetros. Ela é causada por vários fatores e dentre os mais comuns estão: problemas musculares, esqueléticos ou gengivais. Além destes, os fatores que podem levar as pessoas a ter sorriso gengival,como por exemplo: hipertrofia gengival, distúrbios hormonais, lábios pequenos, excesso maxilar, hiperatividade dos músculos elevados e coroa dos dentes curta, também devem serem levados em conta.

 

Existem hoje, alguns tratamentos que podem corrigir esse problema estético e trazer harmonia ao sorriso:

Cirurgia Ortognática

Em casos de sorriso gengival com mais de 8 milímetros, é indicado a realização da cirurgia ortognática com um cirurgião dentista bucomaxilofacial. Nesses casos, acontece a remoção e reposicionamento do osso.

Retração Gengival|Dra. Renata Gomes| Ortodontista Rj

Gengivoplastia

Outra forma de se tratar, é com a realização da gengivoplastia, que trata-se de uma pequena cirurgia periodontal onde é removido o excesso do tecido da gengiva.

 

Aumento de Coroa Clínica

Muitos paciente possuem a coroa clínica curta e expõe muito a gengiva ao sorrir e falar e  neste caso, outra forma de tratamento para o sorriso gengival seria o aumento de coroa.

Sorriso-Retração Gengival|Dra. Renata Gomes| Dentista Rj

 

Toxina Botulínica

Retração Gengival|Dra. Renata Gomes| Ortodontista RjSorriso-Retração Gengival|Dra. Renata Gomes| Ortodontista Rj

Para aqueles que não querem se submeter a procedimentos mais invasivos como os citados, a maneira mais simples e fácil usada hoje em dia é a aplicação de toxina botulínica. É feita uma aplicação no músculo que traciona o lábio superior quando a pessoa sorri, então ele “trava” o lábio e não expõe a gengiva. No entanto, ele não é definitivo, tem que ser reaplicado de quatro a seis meses, aproximadamente.

 

Marque uma consulta com o especialista para fazer uma avaliação do seu caso e decidir então a melhor opção de tratamento.

Clique aqui e marque agora mesmo a sua consulta!

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Procurar

+
WhatsApp chat